Amor Incondicional

image

“1 Coríntios 12.31; Mas procurai com zelo os maiores dons. Ademais, eu vos mostrarei um caminho sobremodo excelente.”

O capítulo 12 de 1 Coríntios fala sobre os dons espirituais. A palavra diz em
“1 Coríntios 12.1; Ora, a respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.” Ignorância neste contexto significa falta de conhecimento referente aos dons do Espírito. Os dons espirituais são o adorno da igreja, todos eles são concedidos pelo Senhor para edificação do corpo de Cristo. Paulo ensina a igreja sobre os dons do Espírito, pois, não queria que fossem ignorantes sobre este assunto, devido, a importância dos dons espirituais na vida da igreja, sendo assim Paulo recomenda que se procure com zelo os maiores dons, e podemos citar como maior dom, o que edifica a toda a igreja, o dom de profecia, o de profetizar. A profecia genuína pelo Espírito Santo, edifica a toda a igreja.
Paulo cita entre os Dons espirituais o dom de variedade de línguas, um dom muito importante para edificação própria. Todos os dons são de grande importância, dom de operação de milagres, dom da fé, porém, o apóstolo cita no capítulo 12 no final do versículo 31, introduzindo ao capítulo 13, algo sobre o caminho sobremodo excelente, ele fala do amor.
A igreja de Corinto tinha todos os dons, mas lhes faltava o amor, o caminho sobremodo excelente.

“1 Coríntios 13.8; O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

“1 Coríntios 13.13; Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.”

AMOR ÁGAPE É O AMOR DE DEUS

Para se ter ideia de como este assunto é tão relevante, a palavra amor aparece 320 vezes no novo testamento. Deus tem alguns nomes apresentados na bíblia, os mais conhecidos são: Jeová Jireh – Deus provedor, Jeová Shalom – Deus de paz, Jeová Shamah – Deus presente, Jeová Rafá – Deus que cura, nomes com significados fortes. O apóstolo João certamente deu a maior definição, ao dizer que Deus é amor em 1 João 4.8.
Existem alguns tipos de amor, vejamos três deles:
Amor Phileo – amor de relação de amizade, este amor é demonstrado na ação, onde você percebe, quem realmente é amigo de verdade, ou seja, amigo no sucesso e no fracasso, amigo que inspira confiança.
Amor Eros – amor de relação entre homem e mulher, erotismo vem de Eros, e não é pecaminoso, desde que esteja dentro dos limites do casamento.
Amor Ágape – amor de Deus, incondicional, sacrificial, abnegado, que se doa, que se entrega, foi exibido na cruz, é amor de Deus por seus filhos.

Vamos meditar sobre o Amor Ágape. A Bíblia diz em “1 João 4.8; Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.” Amor Ágape significa amor incondicional. O mundo tem um conceito enganoso sobre o AMOR. Uma pessoa pode dar todos os seus bens aos menos favorecidos e não amar verdadeiramente, pode fazer sacrifícios tremendos e não amar de verdade.
O amor verdadeiro não está em declarações poéticas, copiosas e bem elaboradas, o amor verdadeiro é demonstrado com força de ação, no modo como agimos uns para com os outro, e falando de Amor Ágape, falamos do amor contraditório para o mundo, o mundo não pode amar como Deus ama, mas a igreja, os filhos de Deus podem. Somente um coração renascido em Cristo pode amar como Deus ama.

O AMOR DE DEUS CONSTRANGE O MUNDO

“Mateus 5.43-48; Ouvistes que foi dito: Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem; para que vos torneis filhos do vosso Pai que está nos céus; porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos. Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis demais? não fazem os gentios também o mesmo? Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.”

Para nós é comum o dever de amar os irmãos, os familiares, amigos, cônjuge. O Cristão luta para se aperfeiçoar e andar em amor, o Gentil luta para entrar nesse amor, agora, amar o inimigo? amar os injustos? amar os maus? Somente no amor de Deus podemos fazer isso. É um amor constrangedor, incompreensível na mente humana natural. Por isso precisamos receber o amor de Deus, ser tocados pelo amor de Deus, buscar todos os dias o amor de Deus. Podemos ser conhecidos pelos homens por fazer sinais, curas, milagres e tantas coisas, mas o melhor é sermos conhecidos por Deus, pela forma com que amamos o próximo, o amor de Deus constrange os homens.

Deus derrama a chuva sobre justos e injustos, Ele não ama só os bons, dá o sol da manhã para todos, assim é o amor de Deus, e é esse amor que o mundo precisa ver em nós para ser alcançado e constrangido.

“2 Coríntios 5.14,15; Pois o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos, logo todos morreram; e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.”

EXEMPLO DO ALUNO INDIANO

Em uma escola na Índia, um jovem teve seus materiais roubados. Nesse país existe uma lei que diz que quem for descoberto como ladrão deve ser punido com açoites. O professor descobriu quem roubou e prejudicou o menino, e o trouxe a público para aplicar a pena de açoites. O aluno prejudicado era um cristão convertido, se aproximou do professor e perguntou se havia algum impedimento ou restrição, caso, alguém quisesse receber o castigo no lugar do acusado, o professor disse que não conhecia restrição para isso, então, ele disse: quero receber o açoite no lugar dele. O garoto indiano merecedor da punição, ao ver a ação do garoto cristão, se converteu ao cristianismo. Esse tipo de amor, é o amor sacrificial, o amor de Deus que o mundo precisa ver em nós.
Perguntas para compartilhar:

1 – O que você poderia fazer para demonstrar o amor de Deus ao seu próximo?

2 – Dê um exemplo prático do amor de Deus sendo aplicado.

Deixe sua opinião pelo Facebook

comentários