Home / Santa Catarina / Presidiários têm oportunidade de reduzir pena através de leitura

Presidiários têm oportunidade de reduzir pena através de leitura

A Unidade Prisional de São José do Cedro busca alternativas para integrar presos que voltarão para a sociedade.

Conforme a professora, Ariele Eidt, é preciso dar condições para que além de cumprir a pena, os presos possam retornar para um convívio melhor do que quando entraram.

O programa de emprego, por exemplo, visa que essas pessoas aprendam um ofício para reduzir o número de reincidentes no crime.

A professora explicou que para reduzir a pena existe a opção da remição por trabalho, por estudo ou pela leitura. Como não há sala de aula na UPA, a alternativa foi incentivar a leitura. Eles têm pena reduzida após entrega e aprovação de resenhas e resumos dos livros que leram. Ela salienta que as obras são de vários temas e após 30 dias é preciso entregar o trabalho, que passa por correção. Após ser corrigido, o texto é enviado para a diretoria da cadeia e para a Justiça. Caso aprovado o material, o detendo reduz quatro dias da pena.

A professora pediu, dentro do possível, a doação de livros da comunidade para continuidade do projeto. Há cerca de 120 obras no acervo. A maioria dos mais de 40 detentos que participam do projeto já leu mais de dez delas, de temas variados.