quinta-feira, 7 julho, 2022

Irmãs ribeirinhas da Amazônia e a prima Daniele – Foto Acervo Pessoal