fbpx
23 C
Porto Velho
quarta-feira, 23 setembro 2020, 06:02
Site de apostas
Site de apostas

Preso suspeito de pilotar moto em assalto que matou estudante Natália Zucatelli

aNatália Araújo Zucatelli foi morta há quase 2 meses ao sair do cursinho 

Policiais prenderam na manhã desta terça-feira (19) o terceiro suspeito de matar a estudante Nathália Zucatelli, de 18 anos, durante um assalto, há quase dois meses na saída de um cursinho pré-vestibular no Setor Marista, em Goiânia. Conforme a investigação, o jovem, de 21 anos, era o piloto da moto.

A prisão do rapaz resultou de um trabalho integrado entre as Polícias Civil e Militar. Por enquanto, as corporações não deram mais detalhes sobre a prisão do motociclista, que estava foragido.

O crime aconteceu por volta das 21h30 de 22 de fevereiro. Nathália morava em Ji-Paraná, mas havia se mudado para Goiânia três semanas antes para estudar. Ela foi morta com um tiro quando seguia para casa, a cerca de uma quadra de onde estudava, o Colégio Protágoras, no Setor Marista.

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que a estudante foi assassinada. O vídeo flagrou quando um casal em um moto aborda e atira contra a vítima.

Três dias depois do crime, Natália Gonçalves de Sousa, de 20 anos, foi presa suspeita de atirar contra a estudante. Ela confessou à polícia que matou a vítima e que já tinha participado de outros roubos no mesmo dia.

Além dela, o dono de um galpão de materiais recicláveis, Fernando Rodrigues Júnior, de 27 anos, também foi preso suspeito de ter fornecido a arma para o crime.

Desde então, os policiais faziam buscas pelo piloto da moto, que estava foragido. Os suspeitos devem responder pelo crime de latrocínio.

Fonte: G1

Polícia apresenta suspeitos de envolvimento na morte de Nathália Zucatelli após sair de escola em Goiânia, Goiás (Foto: Vitor Santana/G1)
Site de apostas

Últimas notícias: