fbpx
24 C
Porto Velho
quinta-feira, 04 junho 2020, 11:21
Site de apostas
Site de apostas

Após sexo a três, casal mata mulher com facadas no pescoço em Goiânia

apos-sexo-a-tres-casal-mata-mulher-com-facadas-no-pescoco-em-goiania540x304_83525aicitono_1an58gd6sakie4il8g1kpd719aUm casal foi preso suspeito de matar uma costureira em Goiânia (GO) após fazer sexo a três. Na versão dos dois, o crime teria ocorrido depois que a vítima revelou ter AIDS. Porém, a família nega e acredita que assassinato foi motivado por dinheiro.

De acordo com a polícia, Edilamárcia Alves e Léverson Ribeiro encontraram Cirley da Silva (foto), de 46 anos, em um bar da cidade. Os três já se conheciam porque Edilamárcia tem um salão de beleza na mesma rua onde Cirley morava com o filho.

Depois de beberem, os três foram até a casa do casal para fazer sexo. Após a relação sexual, Cirley teria dito que tinha AIDS. O casal, então, teria esfaqueado a mulher seis vezes no pescoço.

Testemunhas também contaram que o casal conseguiu um carro emprestado para levar o corpo da vítima para o matagal de difícil acesso. Ela estava enrolada em um cobertor.

No dia seguinte, o casal foi preso e confessou o crime. Em um vídeo gravado pela polícia, o casal contou detalhes do assassinato.

A família nega que a costureira tinha AIDS e acredita que o casal a matou por dinheiro, já que ela tinha acabado de receber o aluguel de algumas casas.

O dono do bar informou à Rede Record que os dois suspeitos eram clientes antigos e que, depois do crime, voltaram ao estabelecimento para vender alguns eletrodomésticos, como um aparelho de televisão. A família da vítima acredita que os dois planejavam fugir.
Fonte:R7

Últimas notícias: